Solar / AQS

Para garantir o máximo aproveitamento da produção gratuita de águas quentes sanitárias e aquecimento central por intermédio dos sistemas solares a execução da manutenção dos mesmos é de extrema relevância, independentemente do enquadramento legal.

Uma instalação solar "abandonada", de inverno os paineis solares e a sua estrutura podem partir por congelamente por falta de verificação da percentagem correcta de liquido de anticongelamento, para isso seria necessário evitar o aparecimento de fugas no sistema solar.

Uma instalação solar "abandonada" de verão pode promover o "Stress" mecanico da instalação potenciando para além do disparo dos componentes de segurança a vaporização do fluido promovendo o envelhecimento prematuro de todos os componentes.

Uma simples deficiente limpeza da superficie envidraçada dos paineis solares pode diminuir o rendimento do sistema solar em mais de 40%.

Conforme Decreto Lei 118/2013 de 20 de Agosto no RECS (Regulamento de Desempenho Energético dos Edificios de Comércio e Serviços) Art. 37 (pirncipios gerais); Art. 41 (Edificios Novos); Art 45 (Grandes Intervenções)  Art. 49 (Edificios existentes) estabelece os requisitos para a instalação, condução e manutenção dos sistemas técnicos.

Relativamente aos depósitos de águas quentes sanitárias para além do despiste da legionella convém efectuar uma limpeza dos mesmos de modo a que seja removida toda a matéria organica depositada no fundo dos mesmos, a limpeza dos filtros e a manutenção do sistema de tratamento de águas no seu correcto funcionamento protege a instalação.

Marcas de preferência (*)
(*) Não existe nenhum vínculo obrigatório mas somente uma relação comercial de preferência estando abertos à comercialização de outras marcas conforme exigências pretendidas.